Um casal árabe acabou preso após postarem um vídeo no Snapchat em que homem beija sua namorada, de burca no rosto, enquanto a ensinava a dirigir por uma avenida da cidade Jazan, na Arábia Saudita.

O singelo vídeo, tão natural em países ocidentais, exibia a legenda “ensinando-a a dirigir”, e acabou viralizando entre os sauditas até chegar ao conhecimento do príncipe Mohammad bin Abdel Aziz, que ordenou a prisão por considerar as ações explicitas demais.

Falta de pudor. Espero que ambos sejam capturados em breve. Deixe-os presos por alguns anos para que eles aprendam um pouco de respeito e boas maneiras.

Um usuário saudita do Twitter postou: “Falta de pudor. Espero que ambos sejam capturados em breve. Deixe-os presos por alguns anos para que eles aprendam um pouco de respeito e boas maneiras.” já a reação de um espectador mais liberal no Twitter dizia: “Um homem e sua namorada, qual é o problema? Talvez eles sejam recém-casados ​​e este é um vídeo que eles estavam tentando enviar para a família dele e foi enviado para outra pessoa por engano.” Outro acrescentou: “Isso é real?”

A Arábia Saudita possui uma sociedade bastante conservadora que segue a rígida Lei da Xaria (lei religiosa islâmica, fundada no Alcorão) para casais não casados, que podem ser presos por exibições em público ou em particular de afeto.

Apenas há poucos meses as mulheres sauditas voltaram a poder a dirigir. A liberalização é parte de uma transformação cultural do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, com a intenção de levar o País para “um islamismo mais moderado”.

Via: The Sun