Sweetlicious:

Meu pai, acidentalmente, gozou enquanto eu [19] estava em seu colo [Incesto - casos reais]

15 Comentários
01/abr 2024

Eu me sinto tão estranha com isso e só preciso de um lugar para desabafar. Tenho 19 anos e moro com meu pai e irmãos. No fim de semana passado, estávamos indo para a casa da minha avó para comemorar o aniversário dela. É uma hora e meia de carro. O carro do meu pai é pequeno e economiza combustível, então não há muito espaço. Também íamos levar meu primo conosco. Meu pai dirigiu até lá e minha prima sentou-se como passageira (ela está grávida). Eu e meus três irmãos estamos lá atrás. Eu sou o menor, então sentei no colo do meu irmão durante todo o caminho. Para ser claro, nada de sexual aconteceu nisso. Eles são mais velhos que eu e com eles foi apenas uma viagem normal. Eu sei que não é apropriado ir sentada no colo, mas não havia outro jeito. Vivemos em uma cidade com bons transportes públicos, então nenhum de nós tem carro. Geralmente é meu pai quem nos leva por aí.

Chegamos lá e nos divertimos. Não me sinto confortável em adicionar minha vida pessoal a isso. Meu irmão nos levou de volta e meu primo sentou-se no banco do passageiro. Eu, meu pai e meus irmãos sentamos no fundo. Sentei no colo do meu pai. Não tenho histórico de ser sexual com meu pai. Não tenho fetiches por incesto. Eu nem gosto de homens mais velhos, então isso não fez nada por mim. Eu estava sentado no colo do meu pai e estávamos andando por estradas secundárias. Meu irmão não dirige com frequência e se sente mais confortável andando em estradas secundárias, então a viagem de volta demorou 40 minutos a mais. Não notei nada por um tempo. De vez em quando ele me pedia para levantar e se reajustava. Percebi algo pressionando em mim, mas minha mente não saltou para “esse é o pau dele”, apenas presumi que estava sentado em algo em seu bolso ou talvez em seu cinto. Não gosto de incesto e estava sentado no colo do meu pai. Seu pau era a última coisa em minha mente. Porém percebi que era o pau dele que estava duro, mas não fiz cena. Pensei em mudar para o colo do meu irmão ou algo assim, mas não queria tornar isso estranho. Eu não achei que ele estava sendo um cara nojento. É simplesmente uma coisa natural que acontece. Ele não estava sendo estranho e me atacando e eu poderia dizer que ele estava ativamente tentando evitar que isso me tocasse, mas estava me tocando. Então eu simplesmente aguentei. Acho que no momento em que percebi que era o pau dele foi quando percebi que ele estava usando calça de moletom e não há chance de que seja um cinto. Seu telefone também estava em sua mão. Não ajudou o fato de meu irmão estar pegando estradas secundárias, então elas eram acidentadas, esburacadas e cheias de curvas. Eu não fiquei nem um pouco excitada com essa situação. Eu simplesmente me senti estranha e não queria tocar no assunto.

Quando faltavam cerca de 15 minutos para o fim da viagem, ele me enviou pelo smartphone um “desculpe” e eu apenas respondi “??” Eu não pensei sobre isso. Nem passou pela minha cabeça que ele veio como se minha mente estivesse agora pensando em sexo. Quando chegamos em casa. Meus irmãos e meu primo saíram e eu tentei sair, mas ele apenas me segurou ali gentilmente. Não foi tão forte e não senti medo. Depois que minha família deu alguns passos de vantagem, ele me deixou sair e disse “desculpe” novamente. Ele estava olhando para mim. Eu não sabia que havia esperma seco nos meus shorts e na pele da minha coxa. Eu não sabia que ele tinha gozado nas calças. Eu não estava pensando em sexo. Eu estava apenas olhando nos olhos dele. Essa coisa toda passou pela minha cabeça. Ele abriu o porta-malas e me disse para enrolar seu moletom na cintura. Foi quando notei a área da virilha dele. Foi como. Não consigo nem descrever apenas encharcado. Ainda estava úmido em algumas partes por causa do calor do corpo de nós sendo pressionados um contra o outro, mas era apenas uma grande mancha de umidade em sua virilha. Honestamente, parecia que ele mijou nas calças ou algo assim, mas claramente não era isso. Se fosse esse o caso, eu definitivamente teria notado durante a viagem e provavelmente em todos os outros. Foi TANTA porra. Nunca vi alguém ejacular tanto ao ponto de se infiltrar através das suass boxers, calças de treino e em mim. Não estava uma nojeira, mas estava em mim. Eu verifiquei minha bunda no espelho retrovisor e não estava tão ruim quanto a do meu pai, mas estava na minha bunda e havia pedaços secos de esperma na minha coxa esquerda (eu estava usando shorts). O esperma na minha bunda / buceta ainda estava meio úmido. Eu disse em voz alta “puta merda”. Enrolei seu moletom na cintura e ele colocou algo em volta do dele. Fiquei nervosa porque se nós dois entrássemos assim depois da viagem, seria suspeito. eles não presumiriam o que aconteceu, mas perguntariam. Então corri escada acima para o meu quarto. Tirei o short e a calcinha. Entrei no banheiro e tomei banho completamente. Mas, para ser honesto, isso me excitou. Quando vi a enorme mancha de esperma nas minhas calças, minha primeira reação foi de repulsa, mas quando havia me inclinado na frente do espelho retrovisor fiquei excitada. Isso está errado? Nunca pratiquei incesto, mas isso me excitou e não consegui me livrar disso. Não abordei realmente os sentimentos até estar sozinho na ducha e apenas pensei em como o esperma do meu pai estava em mim e como fiz o meu pai ejacular em mim.

Não vou mentir, eu costumava julgar as pessoas incestuosas. Todo pornô ou história erótica hoje em dia é com uma irmã chupando o irmão na máquina de lavar ou uma mãe agradando os filhos e eu sempre achei isso nojento. Mas vou ser honesto porque nenhum de vocês me conhece aqui. Eu estava pensando em transar com ele no chuveiro. Eu estava imaginando se ele simplesmente entrasse, abrisse a cortina e me fodesse no chuveiro. Isso simplesmente me atingiu e eu senti e ainda sinto vergonha disso. Quando voltei para o meu quarto tirei o short do cesto e apenas olhei para ele. Eles estavam completamente secos, mas eu estava olhando para o esperma seco do meu pai e imaginando ele fazendo coisas comigo. Eu me senti tão estranha e como se tivesse me tornado uma pessoa totalmente diferente. Como se eu sentisse que acessei uma nova forma de sentir prazer ou algo assim. Eu não sou uma pessoa excêntrica. Eu gosto de sexo baunilha. Gosto de missionário, gosto de cavalgar no cara, gosto de dar e receber oral. Nunca tive fantasias elaboradas. A extensão da minha fantasia é um cara que gosto de dormir comigo. Eu não preciso de todas essaa histórias. Uma das minhas amigas diz que fantasia com alguém invadindo e fazendo coisas com ela. Eu nunca precisei disso.

No dia seguinte conversamos e ele pediu desculpas. Ele disse que não foi minha culpa e simplesmente aconteceu. Isso foi estranho porque, por um lado, eu me senti muito estranha com tudo isso e pensei que nosso relacionamento nunca mais seria o mesmo. Mas, por outro lado, eu só queria que ele me dissesse “Eu quero te foder”. Esse sentimento é muito avassalador. Eu disse a ele que estava tudo bem e salientei que “foi muito”. Eu pensei “Nunca vi um cara gozar tanto” e ri e ele riu, mas depois entrou no modo pai, tipo “Ei, quantos caras você viu fazer isso?” Eu disse a ele que já fiz sexo antes e isso não se tornou uma coisa. Sou adulta e tenho necessidades. Eu não disse isso, mas a conversa foi apenas “quantos caras você já viu fazer isso?”, “Pai, eu não sou virgem.” Mas se fosse só isso eu não teria postado. Mas eu, idiota, não conseguia tirar essa merda da cabeça. Cada vez que me toco é nisso que penso agora. Penso no seu esperma dentro de mim. Penso em engolir seu esperma. Penso nele agarrando meus quadris e me fodendo por trás e simplesmente descarregando dentro de mim. Nunca fui muito ativo com fantasias. Gosto de sexo tanto quanto qualquer outra pessoa, mas nunca me senti tão dominado por ele. Além disso, nossa vibração mudou. Ele começou a me olha de forma diferente. Eu poderia estar enlouquecendo e imaginando que ele está olhando para mim porque eu o quero, mas juro que o sinto olhando para minha bunda. Fiz piadas sobre a situação para tentar fazer algo acontecer. Ele estava comendo um Cinnabon e eu disse “lembra você de alguma coisa?” porque era tudo cremoso. Coisas assim. Eu nem tinha certeza se realmente queria transar com ele ou se era apenas uma fantasia. Eu pensei sobre isso, mas se eu fizesse, eu iria gostar? Meu pai é um homem atraente para sua idade. Não gosto de caras mais velhos, mas ele sai com mulheres e não tem problema. Quando saímos muitas mulheres dão atenção a ele. Ele é um homem bonito que ganha um bom dinheiro. O divórcio da nossa mãe aconteceu há alguns anos, então ele não está namorando.

Só estou escrevendo isso porque esta manhã fizemos sexo e foi incrível. Não consigo nem começar a descrevê-lo. Eu fantasiei sobre isso e pensei que se realmente acontecesse eu ficaria decepcionada. Mas foi incrível e não tenho certeza de como me sentir sobre tudo isso. Tínhamos uma energia de flerte desde que isso aconteceu. Esta manhã, depois do meu banho. Eu só estava com uma toalha em volta de mim e saí do banheiro. Sua porta estava aberta e ele estava em seu quarto apenas com camiseta e boxer. Começamos a conversar no corredor, nada sexual. Mas percebi que ele estava duro. Percebi que ele estava olhando para mim. Eu estava totalmente coberta pela toalha, nem tinha peitos para fora, mas ele estava olhando para mim. Entrei no quarto dele. Eu o beijei. Ele tirou a toalha de mim. Puxei sua cueca para baixo e coloquei-o na boca e então ele me inclinou sobre a cama e me fodeu por trás. Me desculpe se estou apenas listando-os como fatos. Eu simplesmente não consigo entrar em detalhes porque vou me sentir pior. Meu pai me fodeu. Ele gozou na minha boca e depois caiu sobre mim como um maldito cavalheiro. Ele me fez gozar duas vezes durante o sexo e depois novamente ele gozou na minha boca. Eu gostei muito disso. Saber que meu pai estava dentro de mim me fez sentir como se estivesse chapada ou algo assim. Quando eu chupei seu pau depois que ele me fodeu, eu me provei nele. Só de saber que eu estava me provando, sua filha, nele me deixou louco. Eu me sinto como uma aberração doente agora, mas é aqui que estou. Estou em casa. Fiquei na cama me masturbando a manhã inteira só sentindo tudo. Me sinto bem, me sinto satisfeita. Mas me sinto um idiota e estou arruinando minha família e meu pai.

15 Comentários
  1. Um bom leitor

    Alguém poderia compartilhar o link para os relatos em inglês, por favor?

  2. Men at Work

    Continuem com esses relatos, tenham certeza que muita gente se interessa por essas histórias, reais ou não!

  3. Jebe

    Esse relato tá com mais cara de Fic doq qualquer outra coisa

  4. Shakespeare

    Não parece ser real. Simplesmente um conto erótico clichê