A rapper Iggy Azalea, que recentemente foi abordada oficialmente pela produtora Bang Bros para fazer pornô, recusou a proposta de 1 milhão de dólares e ainda pegou mal com o convite. Em resposta pelo twitter Iggy escreveu:

“Por que os homens se sentem tão confortáveis ​​em ser predadores sexuais? Eu não quero ser uma profissional do sexo e não deveria ter que lidar com centenas de homens predadores invadindo minha página por causa de um golpe de relações públicas de uma empresa pornográfica.”

Bang Bros então se desculpou:
“Apoiamos Iggy em sua carreira e desejamos a ela boa sorte em seus esforços, independentemente de ela escolher ou não se apresentar para a Bang Bros”. “Pedimos desculpas pela maneira como você foi notificada sobre nós, isso não foi uma tentativa de assédio. Isso foi enviado à sua equipe de gerenciamento”, anexando uma carta endereçada à equipe de Iggy.