Encontrar conteúdo asiático (japonês, chinês, tailandês, coreano) de qualidade fazendo busca pelo Google não é tão simples. Acessamos diversos sites pornôs e trouxemos como um atalho a lista com os melhores sites gratuitos de pornografia asiática. Importante ressaltar que buscamos por sites de qualidade e com algum diferencial, entre filmes completos, em HD, conteúdo local e quantidade mínima de popups, banners e propagandas.

https://javfinder.to/

O JAVFINDER é um site de vídeos pornôs, o que destaca ele dos demais é que possui muitos filmes completos catalogados e organizados desde a capa, alguns deles sem a tradicional censura japonesa. O site é constantemente atualizado e a maioria das atrizes japonesas está nele, caso não encontre uma asian pornstar específica você pode pedir a inserção da mesma.

https://cherry-porn.com/

O Cherry-porn tem como base de layout o XVIDEOs, seu diferencial é ser tailandês, com conteúdos tailandeses, sendo muito conteúdo amador.

http://iyottube.com/

Com um nome que recebe influência de iOS e YouTube, o iYotTube concentra seu conteúdo em vídeos asiáticos amadores.

http://kaplog.com/

Também com muitos conteúdos amadores, o KapLog tem uma categoria apenas com videos “escândalo”, com celebridades e subcelebridades locais.

http://ivhunter.com/

O IVhunter é uma excelente opção para quem busca vídeos asiáticos completos e de rápido acesso.

http://sextop.net/

O SexTop possui muito conteúdo pornô japonês, DVDs completos, quase todos censurados, poucos sem cesura, mas traz os vídeos em HD.

http://leechporn.com/

No rodapé do LeechPorn é possível ver quais são as tags mais buscadas pelos usuários. Possui muito conteúdo e alguns deles sem censura.

Nos sites de vídeos pornôs mais conhecidos do mundo também existe muito conteúdo “JAV”, dois exemplos:

https://www.pornhub.com/video/search?search=jav

https://es.xhamster.com/search.php?from=&q=jav&qcat=video

Sites pagos de pornografia asiática:

A sigla “JAV” utilizada por muitos sites se refere a Japanese Adult Video. Pela lei Japonesa, qualquer pornografia legalmente produzida deve censurar os órgãos genitais dos atores e atrizes, e até meados da década de 1990, era proibido a representação de pelos pubianos. O ânus é censurado apenas quando há contato ou penetração. Este tipo de censura também se estende aos quadrinhos, jogos de vídeo e animação feita para adultos. Na tentativa de contornar este tipo de censura (e para atender a determinados fetiches), atores e produtores dão destaque a assunto e gêneros raramente retratados no ocidente. Bukkake, Gokkun, Omorashi e sexo envolvendo tentáculos são alguns dos gêneros típicos da pornografia japonesa e pouco conhecidos por espectadores ocidentais. Lolicon e sua contribuição para a controvérsia sobre a regulamentação da pornografia, representando menores tem sido uma questão importante a respeito da liberdade de expressão dentro e fora do Japão.