A máxima “Se não tem outro vai tu mesmo” prevalece nos vídeos desse post, mas no caso o “tu” não é uma outra pessoa e sim “travesseiros”. Elas não se aguentam, metem o fofo no meio das pernas e roçam sem parar.

Dá prazer?

Pelo visto sim e muito.