Para efeito de constagem, esta venezuelana se chama “Diosa Canales“.