Sebastian publicou, neste post, as principais regras para que uma mulher possa ser “boa de cama”. Bem, como este é um blog democrático, é claro que não poderíamos deixar de dar as 10 principais dicas para que um homem possa ser considerado bom de cama.

Até porque muitos homens são apaixonados pelos próprios pênis. Muito mais do que nós, mulheres. E acham que simplesmente porque treparam isso automaticamente os torna bons de cama.

Regra 1

Ou, pior: acham que a qualidade da transa só é responsabilidade da mulher. NÃO É ASSIM!

O homem também tem que se esforçar para tornar a transa legal. Afinal, esta é uma brincadeira em que dois jogam (ou, no mínimo dois).

Bem, vão aqui as principais regras para um homem ser bom de cama.

 

Sexo oral

1. Aprenda a fazer oral em uma mulher

Para muitos homens, a vagina é como o interior da África: selvagem e misteriosa. E muitos consideram locais perigosos, rodeados de lendas – por isso chegam ali meio assustados, com medo de tocar em alguma coisa.

Meninos, aprendam a fazer oral. Divirtam-se em todo o playground, brinquem com paciência, sintam os gemidos da mulher para saber onde ela mais gosta – e como ela mais gosta – de ser tocada.

E descubra onde está o clitóris! Muitos homens não tem ideia de onde ele fica e consideram “clitóris” os 10 centímetros de diâmetro que rodeiam a vagina. Não é assim. Uma aula de anatomia cai bem.

Regra 3

2. Nada de babar

Por favor, sem salivação excessiva na bichinha. É chato, é ruim, não produz uma sensação boa.Floral

3. 12 horas de transa?

Ora, bolas – uma transa dura o que uma transa dura. Nenhuma mulher vai achar que você é o melhor macho do mundo só porque consegue ficar com ereção por 16 horas seguidas. Isso todo homem consegue – a pílula do genérico do viagra está a menos de R$10,00.

Você vai ser considerado bom de cama se conseguir levá-la ao orgasmo. Simples assim. Tenha durado 7 segundos ou duas horas. Isso é o que conta.


Floral

4. Nada de meias nem de bafo

Isso é básico, mas não custa dizer. Não economize no Halls.

Rebite

5. Carinho e delicadeza no clitóris

Tá vendo essa imagem aí de cima?

Pois bem: isto é um rebite. É feito de aço, é resistente, você pode fazer o que quiser com ele. Mas o clitóris é delicado e sensível. Nada de tratá-lo como se fosse feito de metal e indestrutível. Vá com carinho. Não fique apertando como se o Mário fosse começar a pular na tela do PC.

Controle

6. Tapinhas são deliciosos, mas nada de sair distribuindo pancada!

Tapinhas e puxões de cabelo são para quem gosta. Tem menina que não gosta – respeite! E quando for dar tapas, nada de bancar o Spider e distribuir golpes mortais. O tapa tem que fazer barulho e dar aquela ardidinha gostosa.

Mas não aleijar. Lembre-se: aleijar é ruim.

Vin Diesel

7. Cuide do físico

Você gosta de mulheres gostosas? Ora, meu bem, olhe-se no espelho. Nós também gostamos de homens gostosos. Se você está com barriguinha, fora de fora, com olheira, você não tem o direito de exigir que sejamos gostosas.

Sai da frente do Sweetlicious A-GO-RA, cara no chão, e comece a fazer flexões.

Sério. Comece agora.

Não tô brincando. Faz aí. Trintinha para começar já tá bom. Depois você continua a ler este post.


Floral

8. Parece bobagem dizer isso, mas não ria.

Muitas mulheres querem tentar alguma coisa nova e são desistimuladas pelo riso deles. Por favor, você também não é nenhum Einstein do erotismo. Assim, aprenda junto.

tesourinha

9. Raspe os malditos pelos

Ou, no mínimo, deixe-os baixinho. É horrendo um homem com pelos pubianos altos. E antihigiênico. Fazer um boquete em um cara cheio de pentelhos é como tentar beixar o escalpo de alguém. É anti-sensual.

Basquetinho

10. Se você quiser um boquete, peça delicadamente

Não se apresse: nós chegaremos lá. Mas como para nós homem não é só pinto, gostamos de curtir várias partes do corpo. Nada de fazer o famoso basquetinho – empurrar a cabeça da mulher para baixo.

Enfim, estas são algumas regras básicas. O importante é treinar: aí sim, todos ficaremos bem.

Beijos,
Cris Fontoura.