A YouTuber JoutJout encontrou recentemente um rapaz de 32 anos, que trabalha com tecnologia, que é hétero e sente prazer anal, colocando seu orifício à prova não apenas de “dedos”, mas como ele mesmo diz, insere “o que tiver”. Confira a entrevista de JoutJout com Breno e entenda como é possível ser hétero e ter prazer introduzindo dedos e objetos no ânus:

Responda nos comentários: você acredita ser possível um hétero sentir prazer anal e não ser homossexual?

Segundo o médico-psiquiatra, psicoterapeuta, conferencista, escritor e apresentador na rádio CBN Dr. Flávio Gikovate existe o fato de que a enervação do orifício externo do ânus faz com que a estimulação táctil da área provoque importante excitação sexual. Trata-se, pois, de uma zona erógena importante. E mais: a penetração determina a estimulação prazerosa da próstata que pode, por si, provocar a ejaculação. É preciso pensar sobre isso de uma forma livre, de modo que a excitação não seja confundida com homoafetividade. Se for uma mulher a estimular a região anal e se ela introduzir algum objeto no homem, o prazer será sentido de forma idêntica e não haverá outro homem envolvido (nem mesmo em imaginação). A excitação “pertence” àquele homem e não depende de quem a provoca. (Você pode ler mais no artigo do médico “A excitação anal nos homens”)

O Jornal Diário Gaúcho também abordou o tema na matéria “Homem que sente prazer anal é gay? Entenda por que eles gostam, mas têm medo de admitir” a partir da pergunta de uma leitora “Minha amiga contou que o namorado dela adora que faça sexo oral no ânus dele. Fiquei chocada e disse que ele deve ser gay! O sujeito também gosta que ela coloque o dedo no ânus dele. Só pode ser gay, né?”. As responsáveis pela coluna “Falando de Sexo” Andrea Alves e Lucia Pesca, responderam dizendo que tudo isso é muito normal. Homens que gostam destas carícias não são, necessariamente, homossexuais. Representa uma zona de muita sensibilidade pela estimulação da próstata, cuja glândula fica a uns 5cm de profundidade, na parede anterior do ânus em relação ao pênis. Este ponto tem terminações nervosas que, se estimuladas, podem resultar em uma ereção mais firme. O nível desta ereção irá depender da intimidade e entrega do relacionamento. O estímulo provocado pelo dedo na região anal pode aumentar o prazer nele.