O fetiche é sempre algo a ser estudado, a mente humana pode sentir prazer com qualquer tipo de objeto, coisa, situação, visto isso encontramos fotos e vídeos que abordam um enredo no qual a atriz pornô está engessada, como se tivesse fraturado uma perna, braço ou até mesmo o corpo inteiro, confira o “Cast”, a tara dos “caster” / “gessólatras”:

Fotos com fetiche por garotas engessadas

O site castfetish.com é um dos maiores sites sobre o fetiche e traz muitos ensaios da atriz pornô Jessica Lynn e outras modelos eróticas de gesso.

O site sueco Swedish Crush é especializado em fotos de garotas com gesso (sem nudez). Eles até pagam para modelos fotografarem usando o “cast” (gesso). Abaixo um vídeo para deixar qualquer gessólatra louco de tesão:

O site mostra vídeos curtos das garotas de muletas com possibilidade de escolha entre categorias como “cadeirantes” e “sem muletas”, apenas com pernas engessadas.

De caster para caster
Existe uma comunidade privada de gessólatras que encontram no site castcentral.org. Para acessar os conteúdos exclusivos o caster deve ser convidado por outro amante de gesso.

Gessólatras no Brasil
No Brasil, o blog Cast Brazil, apesar de não ser mais atualizado desde 2016 e possuir um único post, traz para a sociedade a realidade de um caster explicando o que é ser gessólatra e detalhes por traz da tara:

O que é ser caster / gessólatra?
A comunidade caster é formada por pessoas, homens e mulheres que são apaixonados por gesso, existem inúmeros relatos de quando surgiu isso nas pessoas. “quando era criança sentia uma vontade imensa de estar engessado ou ver alguém engessado. Há relatos de orgasmos alcançados por estímulos quando tem um membro engessado mesmo que artificialmente.

Qual a lógica desse fetiche?
Difícil explicar, mas pode considerar o fato da questão da fragilidade, dependência de ajuda, limitação de movimentos, ser o centro das atenções e o brancão do gesso por si, já é um grande chamariz atrativo, mas o cuidar dela ser exibicionista em alguns aspectos tem várias formas do porque gostar e o que gostar no fetiche.

Como descobri o fetiche:
Como a maioria dos fetiches em si, acredito que nascemos com ele, faz parte da nossa personalidade, algo da nossa infância que fica ali adormecido. Quando criança, quem nunca quis usar um gesso para os amigos assinarem, chamar atenção, precisar da ajuda dos outros.

Quais são os tipos de gesso e suas nomenclaturas?
slwc (short leg walk cast) bota gessada com salto para caminhar
slc (short leg cast) bota gessada sem salto
sac (short arm cast) luva gessada para a mão
lac (long arm cast) gesso no braço inteiro
clc (cylinder) tubo gessado do tornozelo ate virilha
llc (long leg cast) a perna inteira engessada do pé a virilha

“…quero ver minhas ficantes engessadas!”
No site ‘Eu confesso’, destinado àqueles que querem gritar ao mundo seus fetiches, um usuário revelou que sua maior tara é ver suas parceiras usando gesso:

“Eu confesso que desde pequeno sou atraído por mulheres que por algum motivo tem o pé engessado. Fico sonhando com minhas ficantes com gessinho lindo e branquinho no pé! esse fetiche tem um nome caster, tem vários sites especializados. nunca tive problema em conquistar qualquer mulher, uma vez estava saindo com uma apresentadora de TV, linda, todos a idolatravam, e eu curtia ficar com ela, mas ela não usava um gessinho! dai larguei ela, numa boa! como sera q as mulheres reagiriam se eu quisesse engessá-las?

No site de sua confissão uma enquete revelou que 88% das pessoas não se importariam em entrar na onda do fetiche e aceitariam ser engessadas pelo prazer.

Vídeos de atrizes pornôs, camgirls e amadoras com fetiche por garotas engessadas

Kimberly Costa

Eva

Jennifer

Nesty

Blue

Brie

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”

“?”