Lembra-se da Sara Winter? Líder da célula Femen Brasil até ser expulsa pela matriz por suspeita de não conduzir a filial com transparência e mau uso do dinheiro da instituição. Sara Winter, que após ser demitida saiu esgoelando que o Femen é ditatorial. Pois é… Ela fez uma declaração de amor, uma tatuagem, uma escarificação, largou tudo e foi morar com o noivo em outro Estado. Vai ser bancada e cuidar do seu homem em outra cidade. Detalhe, a declaração é para a promoção de uma Loja, “vai que a gente ganha uma viagem para um lindo resort ou ainda uma linda cesta de café da manhã, né morê?!”

* Antes que alguns leitores com problema de interpretação de texto protestem: Não, este post não está afirmando que feminista não pode se relacionar, amar e levar pirocada. Este post é sobre hipocrisia, demagogia e criar um personagem para ganhar salário.

MELHORES COMENTÁRIOS NO YOUTUBE:

“Que piroca foi essa em Sara? Valeu até uma escarificação AHAHAHAHAHAH Pra isso ai tu num mostra os peito não né? Ta certo.”

“Pô, gostava dela no tempo em que ela só andava de calcinha.”

“então aqueles gritos de teta d fora eram só . . . gritos de teta d fora”

“Comprovado, feminismo é só falta de piroca.”

“Que fofa a feminazi.”

“Já ganhou!”

“Largou o FEMEN pra passar, lavar, cozinhar e fazer feira. Tá evoluindo, tá evoluindo..”

 

O QUE FEZ SARA WINTER TER DEIXADO O SEU PSEUDO-FEMINISMO DE LADO?

[polldaddy poll=7153565]

620x199xFeministas.jpg.pagespeed.ic.UyVEqs0qvP

Via: Treta