Joesley Batista, o empresário que delatou o esquema de propina com “aval” do presidente Michel Temer foi flagrado comprando, junto com sua mulher, a jornalista Ticiana Villas Boas, um vibrador ultra tecnológico. Antes de botar fogo na República, as imagens da fotógrafa Adriana Spaca de 2015 mostram Joesley Batista e sua mulher dentro do Pleasure Chest, sex shop para vips no Upper West Side, em Nova York, comprando um vibrador com tecnologia wi-fi e lubricantes em gel por R$500,00 – o mesmo vibrador é encontrado no Brasil por cerca de R$ 2 mil – para aquecer a relação. A tecnologia wi-fi permite que o vibrador seja controlado à distância por meio de controle ou via aplicativo em smartphones (Fotos aqui).

No mercado erótico mundial e brasileiro existem diversas opções de luxo e outras mais em conta de vibradores controlados por wi-fi. Confira vibradores de última geração mais requisitados pelas mulheres e casais como Joesley e Ticiana:

Vibrador Lush Bullet Lovense (99 euros)
É o vibrador que as camgirls mais utilizam em seus vídeos. Com acesso via iOS, Android, Apple Watch ou aplicativo para computador, o cliente da camgirl tem total controle sobre a vibração do dildo no meio de suas pernas, gerando uma interação à distância muito além do áudio visual. Com o controle remoto sua autonomia é de 9 metros de distância, mas se ligado à internet a distância é sem limites.

Já publicamos por aqui uma camgirl com o Lush inserido na vagina brincando com clientes enquanto janta ou estuda ao lado da mãe, confira aqui.

Vibrador LOVELIFE KRUSH (149 dólares)

É o “Lush” da outra marca pioneira do mercado ‘OhMiBod’, também muito utilizado por camgirls, premiado na CES, uma das maiores feiras de tecnologia do Mundo. No vídeo uma camgirl faz DP com dois “ohmibods”.

Outra camgirl entra em êxtase com uma outra variação de consolo wireless da marca ‘OhMiBod’:

Vibrador SIIME EYE VIOLET SVAKOM (2 mil reais)

Este vibrador além de ter wi-fi também possui uma câmera HD acoplada, que junto com o dispositivo de transmissão de dados, faz com que os usuários compartilhem fotos e vídeos de alta resolução do interior da vagina ou do ânus, ou sirva como uma ‘upskirtcam’. Talvez o SIIME seja o vibrador com a maior tecnologia do mercado erótico atual. A curiosidade ginecológica pode ser maior que o tesão, como por exemplo o vídeo abaixo de uma usuária do SIIME publicado no Youtube:

PRIMO BLACK SVAKOM (1 mil reais)

Um dildo específico para o ânus, o PRIMO BLACK é um plug anal com controle à distância, veja como suas 5 velocidades funcionam no interior de homens e mulheres: