O primeiro grande reality show pornô, The Sex Factor, teve seu 10º e último episódio em julho de 2016. The Sex Factor juntou em Sâo Francisco na California 16 participantes, 8 homens e 8 mulheres, para saber quem seria a mais nova estrela do pornô americano. Nenhum dos concorrentes havia sido filmado antes do programa e eles foram treinados, orientados e julgados por cinco das maiores estrelas de cinema adulto do mundo: Asa Akira, Tori Black, Remy LaCroix, Lexi Belle e Keiran Lee.

The Sex Factor, patrocinado pelo site de vídeos xHamster, teve um vencedor masculino e um feminino, ambos receberam um contrato de três anos com uma produtora de filmes pornográficos e uma quantia de cerca de US$ 1 milhão de dólares. A transmissão do The Sex Factor ocorreu em duas rodadas: uma em dezembro de 2014 e uma em janeiro de 2015, durante o AVN Expo. O reality terminou só em julho de 2016, pois as pausas entre os episódios levaram meses. Originalmente Remy LaCroix não era uma das juradas convidadas, ela substituiu Belle Knox que se se afastou da carreira de filmes adultos em 2015 e se aposentou em seguida em 2016 com apenas 21 anos de idade.

Quem eram e por onde andam as 8 participantes do The Sex Factor:

Blair Willians (vencedora)


Blair Williams de Los Angeles, CA, entrou no reality show com 22 anos, era uma ex-professora pré-escolar de uma igreja que havia acabado de perder a virgindade. Blair Willians aproveitou o título e continuou a carreira como grande revelação do ano gravando até o momento 51 filmes. Em setembro ela será capa da revista masculina Hustler.

Kaelin Blake


Kaelin era uma camgirl antes de ingressar no reality, ela foi estimulada a entrar no programa por seu amigo e ex-namoro depois que comentou que ela poderia se tornar uma estrela do pornô ao se inscrever no The Sex Factor depois de ter visto um tweet de Remy LaCroix. A garota de Nashville, TN, foi eliminada no 5º episódio. Hoje Kaelin não tem registros de atividades no pornô.

Veronica Vain


A “estagiária de Wall Street” deixou tudo para seguir firme no The Sex Factor. Em seu perfil no programa garantia que seria uma das melhores artistas da industria pornográfica atual, durou no reality até o 2º episódio, abandonando sem ter sido eliminada. Ela também abandonou de vez a carreira pornô em 2016, focando seus esforços em ser youtuber de conteúdos adultos – seu canal tem 39 mil inscritos.

Sobre o “escândalo” da estagiária de Wall Street: Paige A. Jennings, “Veronica Vain”, largou em janeiro de 2015 estágio na empresa Lazard Asset Management, uma gestora de recursos de Wall Street, um dos maiores centros financeiros do mundo, em Nova York (nos Estados Unidos), para seguir carreira na indústria de filmes pornôs: “Eu só deixei meu emprego em Wall Street para uma carreira pornô porque eu não posso parar de me masturbar no trabalho”, escreveu Vain na época em seu Twitter.

Khaya Peake


A inglesa de Brighton Khaya Peake foi uma das finalistas do The Sex Factor, ficando em 3º lugar na competição. Ela se mostrou bastante excitada e aberta às possibilidades do pornô.

Em seu perfil no reality, Khaya disse: “Sim, sou bissexual. Sim, estou feliz em participar de orgias. Sim, experimentei BDSM de cima e de baixo. Sim, me deleitei com os prazeres da dupla penetração. E sim para todos os tipos de torções. Na verdade, quando se trata de sexo, sim é a minha palavra favorita.”. Com estas palavras a carreira de Peake poderia ter sido muito mais promissora. Segundo um site, a carreira da atriz ainda está ativa, porém seus últimos dois trabalhos já tem mais de um ano: um vídeo POV e uma participação na série pornográfica Fake Taxi. Suas redes sociais estão todas desatualizadas.

Adrian Lee Ray


A nova iorquina Adrian Lee Ray foi longe na competição, mas foi desqualificada no 6º episódio por ter mentido para os produtores do programa. Ela afirmou que nunca havia filmado cenas pornográficas, uma das principais premissas do reality. A concorrente Blair Willians descobriu que Lee gravou uma cena pornô com o ator James Deen antes de entrar no The Sex Factor. Apesar de tudo, Adrian foi uma concorrente mediana, sendo indicada duas vezes para a eliminação. Não há registros de novas cenas pornográficas da atriz.

Dani Darko


De Las Vegas, NV, para o mundo, a loirinha alternativa, carinha de anjo, não agradou e saiu logo do The Sex Factor, sua participação foi até o 3º episódio. Sua carreira pornô também não decolou, hoje Dani tem um Instagram sensual e artistico e faz artes digitais que vende por meio do seu Twitter.

Sydney Gilmour


A tatuadora profissional Sydney Gilmour de Miami, FL, se retirou da competição no 3º episódio do reality. Muitos fãs do programa ficaram confusos com sua saída. Antes de entrar no The Sex Factor, Sydney usava o nome Carina Sandino e era modelo erótica. Não há registros de novos conteúdos pornográficos de Sidney pós o programa.

Allie Eve Knox


Allie, de Dallas, TX, antes de entrar no The Sex Factor, havia terminado seu mestrado em antropologia. A “nerd” chegou até a final ficando em 2º lugar. Suas redes sociais estão todas desatualizadas. Sua biografia espalhada em alguns sites diz que aposentou da carreira pornô, mesmo depois de ser nomeada e ganhar diversos prêmios da categoria. Hoje Allie Eve Knox é camgirl no Myfreecams.

Assista todos os episódios de The Sex Factor (em inglês)

Episódio 1 – Battle Of The Sexes

Episódio 2 – Hustler Hodgepodge

Episódio 3 – Back To The Basics

Episódio 4 – Fuck Me In Video Village

Episódio 5 – Fuck In Video Village – 2

Episódio 6 – Virgin Producers

Episódio 7 – Virgin Producers – 2

Episódio 8 – Playing With The Pros

Episódio 9 – Playing With The Pros 2

Episódio 10 – Who’s Got The Sex Factor?