A blogueira chinesa Miss Ye, de 19 anos, parece ter conseguido testar sua popularidade, mas não sem antes causar grande tumulto e problemas para si mesma e ao Hotel Double Tree, da cadeia Hilton. O incidente teria acontecido em Haitang Bay, na ilha de Hainan, no sul da China, de acordo com o site de notícias chinês ifeng.com.

Miss Ye (ou Srta. Ye) publicou um post, às 8h de 1.º de março, com os dizeres “Quem está vindo me buscar … fazer sexo … de graça”, junto com uma foto com a numeração do quarto: 6316. Às 10 noite ele foi obrigada a fechar sua conta depois que cerca de 3.000 interessados aparecem durante todo o dia para cobrar a oferta. O gerente do hotel também recebeu chamadas telefônicas pedindo detalhes sobre a hóspede do quarto 6316.

A jovem bloguera, assustada com toda a repercussão e caos, respondeu em seu post que estava apenas brincando e pediu aos usuários da web que parassem de procurá-la no hotel. Ela pediu aos funcionários que a acompanhassem de seu quarto até um táxi.

Vários vídeos surgiram, filmados pelos próprios interessados se dirigindo para o hotel a procura de Miss Ye. “Eu vou para o quarto 6316, hahahahaha, e aqui estou eu!”, disse um homem registrando sua jornada. Outros usuários da Web publicaram fotos da numeração da porta no WeChat, aplicativo chinês de mensagens instantâneas, e disseram que estavam fazendo filas no corredor.

Miss Ye acabou presa em outro hotel, já no aeroporto internacional de Sanya Phoenix, por suspeita de propaganda sobre prostituição. Ela admitiu à polícia que publicou intencionalmente a mensagem para atrair novos seguidores. Sua conta na rede social Weibo foi retirada. A blogueira agora ficará presa por 15 dias, além de pagar multa de 500 yuan (em torno de 257 reais).

Fonte: Daily Mail